PC Seguro

15/10/2012 10:31

PC Seguro

PREVENÇÃO
 
Como já se deve ser de conhecimento dos usuários, a informática de um modo geral é um "mundo" amplo de informação onde o conhecimento é infinito. Porém, infelizmente não se pode procurar pela "informação" sem que se tome alguns cuidados, afinal além da possibilidade de se infectar com malwares e companhia, ainda há sites fraudulentos de má fé (que podem estar se passando por alguma entidade, por exemplo), portanto é bom se prevenir.
Abaixo estarei colocando algumas medidas relacionadas a segurança na informática. Além de que ao final estarei deixando links de sites relacionados ao tema que certamente poderão vir a ser úteis no dia a dia.
 
MEDIDAS DE SEGURANÇA
 
Para se manter seguro um usuário deve tomar algumas medidas. Infelizmente a maioria dos usuários não são nem um pouco prevenidos e podem por este motivo ser infectados e/ou invadidos facilmente.

Logo mais abaixo irei abordar algumas medidas básicas para que você possa usar seu computador de forma mais segura:

1ºANTIVÍRUS:  Este provavelmente é a medida mais simples e popular, um usuário deve ter em sua máquina um Antivírus devidamente instalado, configurado e ATUALIZADO (lembre-se que novos vírus surgem todos os dias, logo atualizar é essencial).

2ºFIREWALL: Outro item fundamental para a segurança de seu sistema, este tem a responsabilidade de controlar o que entra e sai de seu computador, “vigiando” todas as portas, permitindo acesso as portas que você definir (geralmente portas convencionais de navegação, e-mail e portas específicas usadas por programas de sua preferência), fechando as demais que não são usadas naquele momento.Vale citar que o Firewall também tem a função de bloquear ataques externos que podem ocorrer a qualquer instante em que você estiver conectado.

Abaixo um exemplo de uma suíte de segurança (Antivírus e Firewall) em funcionamento:
 


Software: Kaspersky Internet Security 2011 11.0.1.400 (uma das opções do mercado que é uma suíte que contem Antivírus e Firewall embutido).Também vale lembrar a presença de um AntiSpam (que serve para evitar aquelas “janelinhas” chatas com propaganda indesejada.

3º SISTEMA OPERACIONAL ATUALIZADO: Este é outro item que não pode passar despercebido, especialmente se você for usuário do Windows,(visto que este é o Sistema Operacional mais popular e consequentemente o alvo preferido das ameaças em geral).

Explicando de forma simples e direta, vamos supor que você use por exemplo o Windows XP, há várias vulnerabilidades de segurança que podem (e devem) ser corrigidas atualizando o  sistema.O recurso que faz isso é popularmente chamado de “Windows Update” que deve ser executado para este fim.




Software: Microsoft Baseline Security 2.2 (Software da Microsoft que tem a mesma função do Windows Update).




Central de Segurança do Windows XP (Que consta basicamente se sua segurança “básica” esta ativada)

4º ANTISPYWARE: Apesar da maioria dos Antivírus atuais terem a detecção de spywares embutido, é bom se prevenir tendo de fato um antispyware para auxiliar seu antivírus.

Para entender um pouco do que se trata um spyware, basta ir ao seu significado que significaria algo como “programas espiões”.Sendo que há diversos tipos como exemplo os keyloggers e os screenloggers (que capturam as teclas digitadas e as telas exibidas, respectivamente).
 


Software: SpyBot Search & Destroy 1.6.2 (Antispyware)




Software: SpywareBlaster 4.4 (Antispyware)

5º MANTER TODOS OS SEUS SOFTWARES ATUALIZADOS: Assim como o Sistema Operacional apresenta vulnerabilidades se não são atualizados, os softwares desatualizados na sua máquina também possuem vulnerabilidades se não forem mantidos atualizados.

Para facilitar as coisas você pode usar um software conhecido por SECUNIA. Este software faz uma análise online e verifica quais programas possuem vulnerabilidades e/ou devem ser atualizados. O software também possui uma base de dados que contem as vulnerabilidades juntamente com seu nível (que vai de 1 a 5).




Software: Secunia PSI 1.5.0.1 (Guia Geral)




Software: Secunia PSI 1.5.0.1 (Guia de Softwares Seguros, que mostra os softwares devidamente instalados e atualizados e mostra no canto a direita o nível de 1 a 5 das vulnerabilidades a qual o usuário estaria exposto se o software estivesse desatualizado).

6º CUIDADO EXTRA COM PENDRIVES E COMPANHIA: Esta é uma das formas mais comuns de infecção atualmente, que ocorrem, por exemplo, quando você vai conectar seu pendrive ou MP3 (ou algum outro periférico) em uma máquina infectada, podendo consequentemente infectar seu PC ao conectar-se o pendrive ou MP3 infectado.

As infecções de um modo geral ocorrem pelo fato da execução destes periféricos serem automáticos, pensando nisso é uma idéia interessante bloquear a execução automática tanto no PC quanto no próprio periférico.

Pensando nisso você pode usar algum software do gênero para tanto (como por exemplo o AutoRun Virus Remover).




Software: AutoRun Virus Remover 2.3

7º SANDBOXIE: Sanbox é um mecanismo de segurança para preservar os programas executados no PC. Consegue-se controlar os programas instalados, impedindo que danos ocasionados por vírus afetem o desempenho do computador, como se criasse uma camada de segurança.Para ficar mais fácil de entender, vamos supor que você executou um arquivo X no C: que criou um arquivo Y na pasta system32 (que fica dentro da pasta Windows), seria então criado na execução do arquivo X:


C:\WINDOWS\system32\Y

Com a execução deste arquivo com o Sandboxie este arquivo seria criado em:

C:\Sandbox\[Nome de Usuário]\DefaultBox

Sendo assim, a pasta original fica intacta (sem sofrer quaisquer alterações)

Este é mais um complemento válido e interessante, inclusive para navegação (mas lembre-se que na navegação mesmo não se infectando, por exemplo, você ainda pode fornecer dados a pessoas de má fé, então o cuidado neste caso deve ser mantido).




Software: Sandboxie 3.46

8º MONITORE SEU SISTEMA: Outro ponto importante é levar em consideração a monitoração de seu sistema (tendo-se assim um maior controle do mesmo, sabendo-se por exemplo os serviços que seu sistema executa, sabendo-se o que se os softwares que se iniciam com o Windows, dentre outras informações, alem de ser alertado quando mudanças nas mesmas ocorrerem.

Abaixo a foto de um software que faz esse monitoramento:




Software:WinPatrol  18.1.2010.0

9º MANTENHA UM BACKUP DE SEU SISTEMA: Esta é uma prevenção válida para uma suposta emergência que possa ocorrer, afinal ter uma “imagem” de seu sistema pode lhe ser útil caso você o infecte ou o corrompa. Há vários softwares que tem esta finalidade.




Software: Acronis True Image 2009 (Software que pode criar “imagens” de seu sistema)

10º PEERGUARDIAN: UM CUIDADO ESPECIAL AO USAR COMPARTILHADORES: Este provavelmente não é uma das mais importantes, mas também é válido em especial para quem usa compartilhadores de arquivos P2P (eMule, Kazaa, DC++, dentre outros).

Para evitar a espionagem alheia você pode usar o PeerGuardian (que assim como um Antivírus necessita ser atualizado).




Software: PeerGuardian 2.0 Beta 6c

11º WOT: NAVEGANDO COM MAIS SEGURANÇA: Este é um complemento que pode ser adicionado aos dois navegadores mais populares do mercado (Internet Explorer e Firefox).

Este complemento basicamente tem uma base de dados que consta a reputação como um todo de diversos sites da internet, sendo que quando a reputação é ruim você é alertado sobre e só continua a navegação por sua conta e risco se você quiser.Isto pode ser bastante útil especialmente ao se pesquisar algo no Google por exemplo (afinal que garantia temos que os links resultados ali são confiáveis?).

Há outro complemento disponível para ambos (Internet Explorer e Firefox), mas que é mais discreto e se chama Finjan Secure Browsing.





Software WOT (No Firefox): Exemplo de alerta com site de má reputação.

12º VIRUSTOTAL: Provavelmente você deve saber que nenhum Antivírus é perfeito, nisto o site VirusTotal (e outros do mesmo gênero) podem lhe ajudar, se você possuir um arquivo de até 20 megas você poderá upar o mesmo no site e conferir o resultado da verificação com 41 antivírus diferentes.Isto torna a detecção de uma ameaça(ou um falso-positivo) mais preciso.

Na página ao lado você poderá ver a análise detalhada de um arquivo upado.




13º BLOQUEANDO SITES NÃO CONFIÁVEIS: Você também tem a opção de “bloquear” os sites que não são confiáveis pelo Hosts do Windows(que fará com que o site seja procurado pelo endereço local de sua máquina), usando para tanto uma lista baixada ou editando uma por conta própria.

Abaixo esta a foto de um software destinado a esta finalidade.




Software: B.I.S.S. Hosts Manager 2.0.1.0

14º PARA USUÁRIOS DO NAVEGADOR FIREFOX: Você tem opções de navegação mais segura com o Firefox (alem do WOT e FINJAN já apresentados no item de nº11). Citando alguns outros complementos de segurança para o firefox:

Dr. Web Anti-virus Link Virus Checker: Permite verificar a presença de vírus com o Dr.Web, bastando para tanto clicar com o direito do mouse em cima do link desejado e clicar na opção “Verifique com o Dr.Web”.

FEBE: Tambe não voltado a segurança, mas sim ao backup, este complemento permite que você faça um backup do seu perfil do Firefox, podendo posteriormente restaurá-lo (ou instalá-lo em outro Firefox).

NoScript: Talvez o complemento mais importante no quesito segurança para o Firefox, este complemento permite que você execute Java, JavaScripts, dentre outros somente em sites que sejam de sua confiança.

15º VOCÊ: Você possivelmente já ouviu ou leu aquela famosa frase “O melhor antivírus é o usuário” ou “o problema esta entre o PC e a cadeira”.Esses “trocadilhos” até fazem um certo sentido por inúmeros motivos.

Você como usuário também tem de fazer sua parte e isso pode ser feito de diversas formas, como por exemplo:

.Não colocar dados pessoais em PC’s públicos.

.Nunca fornecer senhas a terceiros e nem usar senhas óbvias(alem de trocá-las regularmente).

.Não sair clicando em tudo que vê pela frente.

.Ter cuidado ao abrir anexos em e-mails.

.Tomar cuidados com links e extensões falsos (exemplo de um link do Google que aparece no canto inferior esquerdo do navegador como www.xxx.com ou um arquivo com extensão oculta como xxx.mp3.exe (sendo que este .exe estaria oculto e você provavelmente se infectaria com o arquivo pensando você que o mesmo é um mp3).

.Não seja ingênuo de pensar que vai ganhar crédito de graça ou vai ganhar dinheiro dormindo.

.Tenha extremo cuidado com e-mails falsos, muitas pessoas com ma fé se fazem passar por alguma entidade a fim de roubar seus dados ou seus pertences.

Dentre diversos outros cuidados, procure sempre ser um usuário desconfiado e cuidadoso.

Por fim é isso, há diversos outros softwares que podem ser usados a fim de proteger um PC, sendo que neste artigo foram apresentados apenas alguns exemplos destes. Mas a base de proteção de um PC como um todo sempre será mais ou menos o que foi apresentando até aqui.

Voltar

Pesquisar no site

© 2016 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por ACSMAX / Webnode